Durante a pandemia, agência do trabalhador faz atendimento online

A Agência do Trabalhador de Curitiba, vinculada ao Departamento do Trabalho da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho do Paraná, está atendendo neste começo de forma digital e por telefone, ajudando na intermediação de vagas online e tirando dúvidas dos trabalhadores. Os telefones são: 41-3883-2200, 41-3883-2208, 41-3883-2212 e 41-3883-2224. As informações são do Blog Fabio Campana.

Os encaminhamentos continuam sendo feitos pela internet para empresários e trabalhadores de todo o Paraná que procuram ou ofertam vagas pelo site www.justica.pr.gov.br/Trabalho, ou https://empregabrasil.mte.gov.br/, ou pelo aplicativo Sine Fácil (disponível gratuitamente para celulares Androide e iOS). Para solicitar o seguro desemprego, deve ser utilizado o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital – também disponível gratuitamente para celulares Androide e iOS.

“Com as Agências do Trabalhador buscamos qualificar os trabalhadores e ser mais assertivos nesse relacionamento com o setor produtivo. Recrutamos em todo o Estado, captamos vagas com programas específicos para incentivar o pleno emprego”, destacou o secretário Ney Leprevost.

 

VAGAS DISPONÍVEIS – Nesta primeira semana útil de 2021 estão sendo ofertadas pelas 216 Agências do Trabalhador vagas com maior número de contratação nas seguintes áreas:

– Nas Agências do Trabalhador do Paraná são 1.600 vagas para Auxiliar de Linha de Produção; 100 vagas para Operador de Telemarketing Receptivo e 38 vagas para Motorista de Caminhão.

– Em Curitiba e Região Metropolitana são 100 vagas para Operador de telemarketing ativo e receptivo; 40 vagas para Auxiliar de Linha de Produção e 39 vagas para Auxiliar de Cozinha.

O atendimento de cada Agência do Trabalhador do estado é feito pelas prefeituras municipais, com supervisão do Governo do Estado – exceto a de Curitiba, que é de responsabilidade do Departamento do Trabalho e Geração de Renda da Sejuf.

DÚVIDAS – Empresários e trabalhadores de todo o Paraná que procuram ou ofertam vagas e que estiverem com dificuldade de finalizar o atendimento nas ferramentas digitais, tais como Portal Emprega Brasil, e aplicativos da Carteira de Trabalho Digital, Sine fácil e Paraná Serviços, podem receber o suporte técnico por meio o Chat do Trabalhador, no site da Sejuf.

Com a ferramenta, o trabalhador recebe todo o auxílio para conseguir finalizar sua atividade, seja para acionar o seguro desemprego, bem como realizar o encaminhamento e oferta para vagas de emprego. Para acessar o chat, basta entrar no link: www.justica.pr.gov.br/trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Hospital Universitário, 82% dos leitos de UTI estão ocupados

O informe da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) emitido na noite de sábado (9) indica que dos 114 leitos da Ala Covid do Hospital Universitário (HU), 94 estavam com pacientes. Desses, 69 foram positivados para a doença, 5 negativados e 20 aguardam os resultados dos exames.

Na Ala Covid, existem 46 Unidades de Terapia Intensiva (UTI), 37 estão com pacientes. Na Enfermaria são 64 leitos, 54 estão ocupadas. Dos quatro leitos emergenciais, três estão com pacientes. Nem todos os hospitalizados são de Ponta Grossa. O HU é a unidade de referência regional da doença e recebe pacientes SUS de várias cidades. As informações são do Walter Téle Menechino – dcmais.

Na pandemia, feminicídio cresce no Paraná e 32 mulheres são mortas em 2020

Tatiana, Ana Paula e Evelaine. Cada um desses nomes representa um universo de mulheres com histórias de violência, medo e insegurança. Em comum, se tornaram vítimas de covardes em 2020 e entraram no triste número de casos de feminicídio no Paraná. Aliás, dados da Secretaria de Segurança Pública do Paraná (SESP) apontam que de janeiro até setembro do ano passado, 32 mulheres foram assassinadas. Para piorar o quadro, especialistas alertam que o número vai crescer após a pandemia do novo coronavírus.

Leia mais em Tribuna Paraná.